Desde

1997

NOSSA HISTÓRIA

   de sonho a realidade  

Localizada em Mineiros do Tiête, SP, a LFOCAMARGO fornece insumos para as mais diversificadas industrias, através de seus óleos de origem animal e vegetal, atendendo todo território nacional.

Óleo de Mamona ou rícino extraído da euforbiácea Ricinus, communis. Cosmética, farmacêutica, veterinária,, lubrificantes, tintas, combustível, entre outros. Óleo vegetal. fornecedor oleo de mamona. óleo vegetal de mamona, oleo de ricino formula molecular, mamona pdf, oleo de soja,  campestre oleos, Sinônimos: Óleo de Ricino; Óleo de Palma Christi; Óleo de Castor. Grupo químico: Óleo vegetal Fórmula molecular: Não aplicável - Peso molecular: Não
aplicável ÁCIDOS GRAXOS DESTILADOS VEGETAIS DE SOJA, COCO, PKO E PALMA, ÁCIDOS GRAXOS DESTILADOS DE SEBO, ÁCIDOS ESTEÁRICOS DESTILADOS VEGETAIS E ANIMAIS, ÁCIDO OLEICO DESTILADO VEGETAL. Generalidades: O óleo de  mamona é extraído da semente da planta Ricinus Communis, que consiste de uma cápsula com espinhos macios, envolvendo as sementes salpicadas em forma de feijão. A planta contém de 45 a 55% de óleo. A planta Ricinus Communis, éuma planta euforbiácea muito cultivada nas regiões quentes e temperada. Aspecto: Óleo viscoso, quase incolor ou amarelo-pálido; odor e sabor característicos, este último levemente acre. É óleo secante hidroxilado. Oxida-se em presença do oxigênio do ar e rança. Contém ricinoleína, a qual nos intestinos se desdobra em ácido livre e glicerina, donde o seu valor purgativo. Quando ingerido, atua como catártico suave e protetor do tubo gastrintestinal, nos casos de envenenamento com corrosivo.  Aplicações: É utilizado na fabricação de sabões claros. É utilizado também como lubrificante, fluído hidráulico, em tintas usadas para pinturas de veículos, agente surfactante, adesivos e elastômeros, revestimento de poliuretano, produção de ácidos dibásicos, como plastificante em vernizes e nitrocelulose e em curtumes.  Seu emprego em formulações diversas relaciona a sua cor clara, aroma quase neutro e sua característica lubrificante e protetora.  É utilizado para a proteção de peças mecânicas, proteção de chaparia, proteção de equipamentos de pesca, armas e ferragens náuticas, proteção de esquadrias na construção civil, polimento de móveis, em artesanato e na prevenção e limpeza de couros. Óleo de Mamona (tipo exp), Óleo de Mamona Medicinal ou Óleo de Mamona Extra Pale, ou ainda Extra Palle. Óleo de Mamona Desidratado GH, Ácido 12 Hiroxi Estearico (12HSA), Acido Ricinoleico, Acido Graxo de Mamona, Acido Ricinoleico Polimerizado 50 E 100 (Azemac), Metil Ester de Óleo de Mamona Hidrogenado, Micronizado e Moido, Óleo de Mamona Soprado, DCO Polimerizado Z
Z3, 

VISITE LFO de Camargo

Rua Jordão Emílio Liziero, 55 -Centro

Mineiros do Tietê, SP

17320-000

  • Instagram
  • w-facebook

LIGUE

T: (14) 3646-2210
F: (14) 99601-7225​

LICETINA - (properol boc), SULFONADO ANIMAL, RICINOLEATO DE SÓDIO RICINOLEATO DE SÓDIO (properol RS), RICINOLEATO DE SÓDIO
RICINOLEATO DE POTÁSSIO RICINOLEATO DE POTÁSSIO (properol Rp), ÓLEO SULFURICINADO DE MAMONA (properol b), PROPEROL T
 

© 2019 por Marketing Léo Albino

LFO DE CAMARGO & CIA LTDA. - CNPJ: 07.897.646/0001-62 - Rua Jordão Emílio Liziero, nº 55 - Centro -  Mineiros do Tietê, SP
contato@lfocamargo.com.br -  Telefones: (14)3646-2210 * (14) 99601.7225